21 de maio

GDF - Administrações Regionais
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal

Acesso Rápido 2 – Faixa azul da página inicial

A Biblioteca Pública de Sobradinho II foi inaugurada em 11 de maio de 2009, é um espaço aberto a comunidade, muito frequentado por estudantes que estão se preparando para concursos. Todos os dias, cerca de trinta usuários vão ao local em busca de um ambiente adequado para os estudos, leitura, pesquisas, trabalhos em grupo, entre outros. 
Agora, os estudantes que precisam fazer pesquisas ou assistir a videoaulas, podem ir até à biblioteca e utilizar, gratuitamente, a internet do local, basta preencher o cadastro prévio.
Além de acesso ao Wi-Fi, os usuários também podem utilizar-se de um dos computadores disponíveis em nosso Telecentro.
A Biblioteca possui um acervo com cerca de 8000 obras que cobrem várias áreas do conhecimento, todas disponíveis para empréstimo, mediante cadastro.


Horário de funcionamento da Biblioteca
Segunda a sexta-feira: das 8h às 22hs
Sábados: das 8h às 18hs

Endereço: Área Especial – Avenida Central, AR 13, Conjunto 16, Lote 03. CEP: 73062-310

Contato: 3550-6477

Conheça nosso espaço!

O administrador de Sobradinho II, Alexandre Yanez, esteve na segunda-feira (8/4) em reunião com o diretor-presidente do Instituto que será responsável pela gestão das UPA’s no DF, Francisco Araújo. Também esteve presente o presidente da Câmara Legislativa, deputado Rafael Prudente. O encontro foi para atender a uma demanda da comunidade, que pede melhorias no atendimento da Saúde.

O administrador Alexandre Yanez aproveitou a oportunidade para levar uma solicitação antiga da comunidade de Sobradinho II e região: a pediatria nas UPA’S. Para ele, essa é uma das especialidades mais importantes e que, por falta dela, muitas vezes, as famílias têm que sair da região para conseguirem atendimento: “Vamos dar esse presente para as famílias dessa região”, pediu.

Para Francisco Araújo, o atendimento das Unidades de Pronto-Atendimento e dos Hospitais das regionais tem que funcionar e, principalmente, tem que ser eficiente. O deputado Rafael Prudente afirmou que esse é um problema de todos e que o papel das administrações é de se envolver: “Precisamos nos envolver com as causas da saúde”, finalizou.  

 

Mapa do site Dúvidas frequentes