15 de junho

GDF - Administrações Regionais

Notícias

PLANO PLURIANUAL 2020 – 2023


Informações pertinentes às ações e programas implementados pela RA XXVI podem ser obtidas na íntegra do Plano Plurianual (PPA).

Lei nº 5.602, de 30 de dezembro de 2015 (Autoria do Projeto: Poder Executivo): Dispõe sobre o Plano-Plurianual-do-Distrito-Federal-para-o-quadriênio-2020-2023

PLANO PLURIANUAL 2020 – 2023

 

Informações pertinentes às ações e programas implementados pela RA XXVI podem ser obtidas na íntegra do Plano Plurianual (PPA).

Lei nº 5.602, de 30 de dezembro de 2015 (Autoria do Projeto: Poder Executivo): Dispõe sobre o Plano-Plurianual-do-Distrito-Federal-para-o-quadriênio-2020-2023

 

PPA 2020

PPA 2021

PPA 2022

PPA 2023

 

PLANO PLURIANUAL 2020 – 2023

Informações pertinentes às ações e programas implementados pela RA XXVI podem ser obtidas na íntegra do Plano Plurianual (PPA).

Lei nº 5.602, de 30 de dezembro de 2015 (Autoria do Projeto: Poder Executivo): Dispõe sobre o Plano-Plurianual-do-Distrito-Federal-para-o-quadriênio-2020-2023

 

ppa 2020

ppa 2021

ppa 2022

ppa 2023

 

No dia 12 de outubro, Dia das Crianças, a Administração Regional de Sobradinho II realizou a entrega dos brinquedos arrecadados na campanha “Vem Brincar Comigo "2020”, para crianças carentes da região. O evento foi realizado na Escola Classe 17 da Vila Rabelo, com a presença do Secretário de Desenvolvimento Econômico do DF, José Eduardo Pereira, o Administrador Regional de Sobradinho II, Osmar Felício e demais servidores da Administração Regional de Sobradinho II.

RelatorioOuvidoria_1_trimestre_2020 

RelatórioOuvidoria_2_trimestre_2020

RelatorioOuvidoria_3_trimestre_2020

RelatorioOuvidoria_3_trimestre_2020

RelatorioOuvidoria_3_trimestre_2020

 

O Governo do Distrito Federal (GDF) determinou na noite desta quarta-feira (8) a suspensão das atividades econômicas e comerciais nas regiões administrativas de Ceilândia e Sol Nascente/Pôr do Sol. As medidas foram publicadas em edição extra do Diário Oficial do DF e passa a vale a partir do primeiro minuto desta quinta-feira (9) por tempo indeterminado.

O decreto nº 40.961 suspende permissões de funcionamento anteriormente liberadas pelo Decreto nº 40.939, de 2 de julho de 2020. Com isso, ficam impedidos de funcionar eventos de qualquer natureza que exijam licença do poder público, além de shoppings centers, feiras populares, clubes recreativos, cultos, missas, academias de esportes, salões de beleza e parques (tanto ecológicos quanto vivenciais).

Supermercados, padarias, hortifrutigranjeiros, mercearias, açougues, lojas de materiais de construção, postos de combustíveis, pet shops, clínicas e consultórios médicos estão entre os estabelecimentos que não se incluem no fechamento determinado pelo novo decreto.

Ficam permitidas operações de entrega em domicílio, pronta entrega em veículos e retirada do produto no local, sem abertura do estabelecimento para atendimento ao público em suas dependências.

A disponibilização de mesas e cadeiras aos consumidores está vetada. Em todos os estabelecimentos que se mantiverem abertos, impõe-se a observância de todos os protocolos e medidas de segurança já recomendados pelas autoridades sanitárias, como garantia de distância mínima de dois metros entre as pessoas, utilização de equipamentos de proteção individual e disponibilização de álcool 70%.


O que fica suspenso
➪ eventos, de qualquer natureza, que exijam licença do poder público;
➪ atividades coletivas de cinema e teatro;
➪ academias de esporte de todas as modalidades;
➪ parques ecológicos, recreativos, urbanos, vivenciais e afins;
➪ boates e casas noturnas;
➪ atendimento ao público em shoppings centers, feiras populares e clubes recreativos;
➪ nos shoppings centers, fica autorizado apenas o funcionamento de laboratórios, clínicas de saúde, farmácias e delivery.
➪ cultos e missas de qualquer credo ou religião;
➪ estabelecimentos comerciais, de qualquer natureza, inclusive bares, restaurantes, lojas de conveniências e afins;
 salões de beleza e centros estéticos


O que pode abrir/funcionar
 clínicas e consultórios médicos e odontológicos, laboratórios e farmácias;
➪ clínicas veterinárias, somente para atendimento de urgências;
➪ supermercados, hortifrutigranjeiros, minimercados, mercearias, açougues, peixarias, comércio estabelecido de produtos naturais, bem como de suplementos e fórmulas alimentares, sendo vedado, em todos os casos, a venda de refeições e de produtos para consumo no local;
➪ padarias e lojas de panificados, apenas para a venda de produtos, sendo vedado o fornecimento de refeições de qualquer tipo para consumo no local;
➪ lojas de materiais de construção e produtos para casa, incluídos os home centers; VI – postos de combustíveis;
➪ lojas de conveniência e minimercados em postos de combustíveis, sendo vedados o consumo de produtos no local e a disponibilização de mesas e cadeiras;
➪ petshops e lojas de medicamentos veterinários ou produtos saneantes domissanitários;
➪ lojas elativas a toda a cadeia do segmento de veículos automotores;
➪ empresas que firmarem instrumentos de cooperação com o Distrito Federal no enfrentamento da emergência de saúde pública relativas ao coronavírus ou à dengue nas áreas de atendimento à saúde básica, atendimento odontológico, assistência social, e nutrição, tanto para o fornecimento de alimentação preparada com embalagem para retirada individual, quanto para recolhimento e distribuição de alimentos em programas para garantir a segurança alimentar;
➪ funerárias e serviços relacionados;
➪ lotéricas e correspondentes bancários;
➪ lavanderias, exclusivamente no sistema de entrega em domicílio;
➪ floriculturas, exclusivamente no sistema de entrega em domicílio;
➪ empresas do segmento de controle de vetores e pragas urbanas;
➪ o atendimento ao público em todas as agências bancárias e cooperativas de crédito no Distrito Federal, públicas e privadas;
➪ o Sistema S:
 óticas;


Parágrafo único
Ficam permitidas operações de entrega em domicílio, pronta entrega em veículos e retirada do produto no local, sem abertura do estabelecimento para atendimento ao público em suas dependências, sendo vedada a disponibilização de mesas e cadeiras aos consumidores.


Fique atento
Em todos os estabelecimentos que se mantiverem abertos, impõe-se a observância dos protocolos e medidas de segurança recomendados pelas autoridades sanitárias.

Fonte: Agência Brasília

RELATORIO_OUVIDORIA_ANUAL_1

RelatorioOuvidoria_1_trimestre_2020

RelatórioOuvidoria_2_trimestre_2020

Documento faz parte da promoção de direitos das pessoas idosas e deveres da sociedade com essa população

Sabe-se que a longevidade é uma garantia constitucional que deve ser respeitada e protegida, motivo pelo qual a Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF) produziu a "Cartilha da Pessoa Idosa", que apresenta e esclarece de maneira didática os direitos dos idosos e os deveres do restante da sociedade para com eles.

A Cartilha compreende, entre outros assuntos, as medidas de proteção, as políticas de atendimento, os crimes previstos no Estatuto do Idoso e os cuidados com golpes.

Além disso, evidencia a atuação da rede de atendimento e o papel da Defensoria Pública como mediadora e defensora dos interesses da pessoa idosa e difunde meios para que ela possa recorrer em caso de violação de direitos, destacando dados e informações atualizadas e sensivelmente úteis.

O objetivo é promover os direitos desse grupo que tanto necessita dos cuidados da sociedade.

Para ter acesso ao documento, clique aqui.

Fonte: Defensoria Pública do Distrito Federal

 
 

 

         

                                                                                                                                                            

A Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan) iniciou nesta semana a realização de mais uma Pesquisa Distrital por Amostra de Domicílios (PDAD). A pesquisa colherá dados e informações atualizadas sobre os moradores, o Distrito Federal (DF) e suas Regiões Administra:vas, a fim de subsidiar e orientar de forma mais qualificada o planejamento governamental. Este ano, a pesquisa vem com novidades e traz, por exemplo, além das questões tradicionais, perguntas sobre animais domés:cos e segurança alimentar, e um ques:onário suplementar que pode ser respondido individualmente pela internet (apenas o formulário suplementar). A PDAD é realizada a cada dois anos, em conformidade com o Decreto Nº 39.403, de 26 de outubro de 2018. A es:ma:va da Codeplan é que o trabalho de campo esteja concluído em quatro meses, nas 33 Regiões Administra:vas do Distrito Federal. Para isso, é importante a par:cipação do morador, recebendo o pesquisador.

 

 

 

O ELA PODE é curso totalmente gratuito, que tem como objetivo capacitar mulheres para conquistarem um emprego ou abrirem seu negócio próprio. O curso é realizado em todo o Brasil pelo Instituto Rede Mulher Empreendedora, com o apoio do Google, e é só para mulheres a partir de 16 anos.

Durante o curso serão tratados assuntos sobre: liderança, comunicação, networking, marca pessoal, negociação, finanças e ferramentas digitais. O objetivo é que, ao final da capacitação, a participante se sinta mais preparada para ter ou melhorar seu negócio próprio, conseguir um emprego ou buscar crescimento em seu trabalho.

Não perca tempo, faça a sua inscrição.  AS VAGAS SÃO LIMITADAS!


O que você aprende no Programa ELA PODE:
Como melhorar sua relação com o dinheiro?
Como liderar sua vida e seu negócio?
Como vender seu peixe?
Como entrar no meio digital?
Como criar uma rede de relacionamentos que vai te ajudar a vender mais ou chegar naquela vaga?
Como me apresento melhor?

ELA PODE SOBRADINHO II (DF)
Data: 06/03/2020 (SEXTA-FEIRA)
Horário: 8h30 às 12:30h
Local: FEIRA PERMANENTE DE SOBRADINHO 2 (em frente ao Palco- Praça de Alimentação).

INFORMAÇÕES NO TELEFONE: 3453-9311

Inscrição AQUI: 

 

 

Na semana do Carnaval, a Administração Regional de Sobradinho II não terá expediente nos dias:

24/2 (segunda-feira)

25/2 (terça-feira)

26/2 (quarta-feira)

Retornaremos às atividades na quinta-feira (27/2), das 8h às 12h e das 14h às 18h. 

 

O GDF está em campanha pelo enfrentamento da Hanseníase. O objetivo é diagnosticar novos casos da doença e aproximar a população das práticas de prevenção e diagnóstico precoce. Para isso, consultórios itinerantes serão montados em algumas regiões e Sobradinho II será uma delas. Nossa cidade receberá a carreta nos dias 13 e 14 de fevereiro, das 8h às 17h, no estacionamento da Administração Regional! Participe, contribua para o combate desta doença! A Hanseníase tem tratamento e cura!

 

Principais sintomas:

-Manchas brancas, vermelhas ou marrons com redução ou perda de sensibilidade ao calor, ao toque ou à dor;

-Caroços e inchaços pelo corpo, em alguns casos vermelhos e doloridos;

-Sensação de choque, fisgadas e agulhadas ao longo dos braços e mãos, pernas e pés.

 

RelatorioOuvidoria_4_trimestre

Na última semana Sobradinho II recebeu o GDF Presente. Mais uma vez, os resultados foram surpreendentes e diversas demandas da comunidade foram atendidas com rapidez.  No total, 650 toneladas de lixos foram retiradas das ruas de Sobradinho II e região. Além disso, as máquinas passaram por 4 outras localidades recolhendo entulhos. Já o cata-cata passou por 11 pontos da cidade retirando das ruas móveis e materiais que as famílias desejam se desfazer. 

A DF- 420 foi uma das mais beneficiadas. Além da lavagem das paradas de ônibus, todo o mato da avenida foi roçado. Já a operação tapa-buraco contou com toneladas de massa asfáltica, recuperando diversas vias do Setor de Mansões, Condomínio Morada da Serra, entre outras. “Foi, sem dúvida, uma semana de muito trabalho e os resultados foram melhores do que o esperado”, afirma o administrador de Sobradinho II, Alexandre Yanez.

 

 

A Administração Regional de Sobradinho II e a Biblioteca Pública da cidade terão horários diferenciados neste final de ano. Confira:

Semana do NATAL:

24/12- das 8h às 12h

25/12- FECHADA

*Nos demais dias horário normal

Semana do ANO NOVO:

31/12- das 8h às 12h

1/12: FECHADA

*Nos demais dias horário normal

RelatórioOuvidoria 3 trimestre.

A partir da última semana de outubro a Secretaria de Desenvolvimento Econômico vai credenciar profissionais de oito especialidades para prestarem serviços às escolas do Distrito Federal. Serão abertas inscrições para a contratação direta de pedreiros, pintores, eletricistas, bombeiro hidráulico, chaveiro, jardineiros, serralheiros, técnico em eletrônica e técnico em informática.

Para participar do programa, o profissional de uma dessas especialidades deverá comparecer ao Simplifica PJ, na QI 19, lotes 28/32, em Taguatinga, ou às salas do empreendedor em cada uma das 32 sedes de administração regional. O interessado deverá entregar documentação pessoal para ser registrado como Microempreendedor Individual (MEI), com obtenção do número do CNPJ. As inscrições e a obtenção de registro como microempresário serão gratuitas e também poderão ser feitas nos postos das agências de atendimento do Sebrae-DF.

O programa Pequenos Reparos, adotado em parceria com a Secretaria de Educação, terá recursos do orçamento do GDF, mas também aceitará dinheiro de emendas parlamentares. Além de fazer a manutenção das escolas, o programa também vai gerar ocupação e renda entre os microempresários.

“Este á mais um programa para reduzir os gastos públicos, atender à demanda das escolas e, ao mesmo tempo, gerar emprego e renda”, diz o titular da SDE, Ruy Coutinho.

Cada diretoria das quase 800 escolas públicas poderá identificar suas necessidades para fazer reparos, realizar uma chamada pública, como já faz hoje, receber três orçamentos e contratar os profissionais mais adequados. Quem já está registrado como MEI em uma das nove atividades previstas já poderá se credenciar no Simplifica PJ ou nas salas do empreendedor nas regiões administrativas.

Um projeto-piloto do Programa Pequenos Reparos foi testado com êxito em 2017 e em 2018 nas 27 escolas urbanas e rurais de São Sebastião. Após a formalização do trabalhador como MEI e seu devido credenciamento no GDF, o profissional será incluído em uma lista para ser chamado pela ordem, em regime de rodízio, na medida da necessidade da escola.

 

 

Fonte: Agência Brasília

A Administração Regional de Sobradinho II fará a atualização no cadastro dos usuários de equipamentos públicos esportivos da cidade. O recadastramento tem o intuito de atender ainda melhor os usuários desses espaços e adequar os horários para que todos possam utilizar.

A atualização cadastral é obrigatória e deverá será feita pessoalmente, de 21 de outubro a 21 de novembro, de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 14h às 18h, junto à Coordenação de Desenvolvimento (CODES), na Administração Regional de Sobradinho II.

Contamos com a colaboração de todos!

 

No próximo dia 11 Sobradinho II completa 30 anos. Para comemorar a data, a Administração Regional da cidade preparou uma programação repleta de atividades artísticas, culturais e educativas, que ocorrerão de 7 a 19 de outubro.

A partir de segunda–feira (7), no estacionamento da Administração Regional, equipes de diversos órgãos oferecerão serviços odontológicos, psicossociais para mulheres vítimas de violência, atendimento jurídico, identidade solidária, entre outros (confira na programação dias e horários). Ainda na segunda, às 20h, uma Benção ecumênica encerrará o primeiro dia de comemoração do 30º aniversário da cidade.

Na terça-feira (8), a Câmara Legislativa do Distrito Federal realizará Sessão Solene pelo aniversário da cidade. Na ocasião, entregará Moção de louvor a personalidades da cidade que têm contribuído para o engrandecimento da região. Na quarta (9), será a vez de homenagear integrantes da comunidade cultural, em sessão realizada pelo Conselho de Cultura de Sobradinho II e a Administração Regional.

Na quinta-feira (10), a partir das 17h, a Nova Feira da Lua animará a cidade com música ao vivo, entretenimento, praça de alimentação, espaço para crianças, entre outros. Empresários da cidade e trabalhadores também poderão participar da palestra oferecida pela Secretaria do Trabalho que trará como tema “Prospera e Empreendedorismo”, às 11h, no auditório da Regional de Ensino de Sobradinho II. No dia 11, dia oficial do aniversário da cidade, estudantes de escolas da região estarão no desfile cívico, que se encerrará com o corte do bolo. 

E as festividades não param por aí. No dia 12 de outubro, em comemoração, também ao Dia das Crianças, teremos a Rua de Lazer com atividades para crianças e adultos. No domingo (13), encontro de carros. E na semana seguinte, para finalizar as comemorações, show de acrobacias de motos, na sexta-feira (18), a partir das 18h, em frente à Feira Permanente de Sobradinho II. 

 

A cidade

Com ares de cidade do interior, Sobradinho II é uma das mais novas regiões administrativas da capital e passa por uma fase de crescimento. No final da década de 80, inúmeras famílias chegaram à região com a esperança de construir uma nova cidade onde seus filhos pudessem crescer.  Ao completar 30 anos, Sobradinho II tem uma história de muitos desafios vencidos e muitos projetos a serem realizados. O comércio local vem conquistando identidade própria. Além disso, a regularização de diversas áreas, que é um antigo sonho da comunidade, já está próxima de sua concretização. “Eu nasci e cresci na região. A cidade tem grande potencial e é, sem dúvida, uma das melhores para se viver no Distrito Federal”, afirma o administrador da cidade, Alexandre Yanez.

 

Os moradores do Condomínio Mansões Sobradinho conquistaram mais uma importante vitória nesta segunda-feira (16): a tão esperada obra de ligação de água potável já começou. A obra é resultado do trabalho em conjunto feito pela Administração Regional de Sobradinho II e a comunidade local que há meses se uniram para solicitar a ligação junto à Caesb.

De acordo com moradores, há 25 anos o condomínio era abastecido pela água da serra e agora, finalmente, o antigo desejo de água potável vai ser realizado. O processo de instalação da rede foi iniciado nesta segunda-feira. A princípio, a ligação é provisória, mas em breve a definitiva estará pronta e beneficiará mais de 200 famílias. “A partir de agora teremos água potável na região. Graças aos esforços no governador Ibaneis Rocha e dos moradores mais esse benefício pode ser trazido para a comunidade de Sobradinho II”, finaliza Yanez.

 

No próximo sábado (14), das 9h às 17h, cães e gatos da área urbana de Sobradinho II deverão ser vacinados contra raiva. 

Os locais de vacinação em Sobradinho II e região serão:

-Sede da Asproeste- Lago Oeste
-Pólo de Cinema (guarita)- P
ólo de Cinema
-Igreja evangélica lobeiral
-Associação rua 18- Lago Oeste
-Assentamento Chapadinha rua 25- Lago Oeste

-Agroshopping Marina- es 12 lote 17 Condomínio Mini-chácaras

-Edmilson agropecuária- Setor de Mansões de Sobradinho

-Escola classe 17 Vila Rabelo-  Avenida Central AE – Vila Rabelo

-Ponto de encontro comunitário- Vila Rabelo II

-Bar do Barbosa- Qms 51 – SMS

-Posto de saúde da família- Qms 30a ae 01

-Pastora Dalva- Vila Centro Sul

-Condomínio São José

-Condomínio Beija- Flor (portaria)

-Agropecuária Girassol- DF 425 entrada do Condomínio Halley

-Veterinária Faro Fino- Condomínio Jardim Europa II s/n

-Condomínio Vivendas Bela Vista (portaria)- Rodovia DF 150 km 2,5

-Condomínio RK – cce-cce – DF 440 km 02 – Região dos Lagos

-Condomínio império dos Nobres- BR 020 km 2,5

-Condomínio Morada dos Nobres- BR 020 km 3

-Escola Classe Basevi- DF-001 – km-127 – Chapada da Contagem

-Avenida Central, conjunto 6, loja 6 (ao lado da Max Pão)


O GDF presente estará, nesta semana, em Sobradinho II. O programa chegou à cidade na quarta-feira (11) e ficará até terça-feira (17). A expectativa é de que diversos serviços públicos sejam realizados ao longo desses dias e que as melhorias tragam ainda mais comodidade para a comunidade da região!

 

 


Acompanhada do filho, Mateus Noronha de Albuquerque Rocha, a primeira-dama do Distrito Federal, Mayara Noronha, lançou nesta quarta-feira (4/9) o Projeto Vem Brincar Comigo. A intenção é arrecadar livros e brinquedos para serem doados às crianças em situação de vulnerabilidade (veja abaixo o vídeo do lançamento).

A ação visa também comemorar o Dia das Crianças com diversas ações de lazer e sociabilidade educativa, no próximo dia 12 de outubro. Na solenidade, no que foi sua primeira campanha, Mateus Noronha fez doação de livros e brinquedos – um deles um boneco com a roupa do Flamengo, time de coração do pai, o governador do DF, Ibaneis Rocha.

O Vem Brincar Comigo foi dividido em duas frentes: doação e ação lúdica. As doações tiveram início em evento de inauguração nesta quarta-feira (4), no Salão Nobre do Palácio do Buriti, e terão atividades até 30 de setembro.

A ideia é que a campanha de doação estimule o público interno (servidores do GDF) e externo, envolvendo toda a sociedade. Os pontos de coleta estão distribuídos por órgãos e empresas do GDF, administrações regionais, quartéis da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, delegacias, unidades do Na Hora e outros pontos em parceria com empresas privadas.

Já o evento lúdico do Dia das Crianças será realizado no estacionamento 13 do Parque da Cidade. A intenção é promover atividades de lazer e sociabilidade educativa, valorizando a criança e estimulando a auto-estima infantil, o raciocínio-lógico, as expressões oral e corporal, a coordenação motora, a percepção auditiva e visual da criança. Além disso, a iniciativa proporcionará jogos e brincadeiras educativas.

Mobilização

Segundo Mayara Noronha, a ação surgiu em decorrência da campanha do agasalho. “Tenho apoiado diversas ações. A campanha do agasalho foi um sucesso e superou minhas expectativas. E nessa campanha quero superar mais ainda”, afirmou a primeira-dama.

“A data é muito importante para as crianças do DF, e elas merecem muito a nossa atenção. A campanha vem justamente com a intenção de interagir o público da iniciativa privada, GDF, crianças, alunos de universidades e comunidade. Pensamos nessa frase de efeito porque quando as crianças encontram outras crianças ou adultos elas usam essas frases. É uma forma de interagir com as crianças, de incentivá-las também a fazer a doação. A ideia de colocar esse título foi proposital”, pontuou Mayara.

"A campanha não é só de doação de brinquedos. É, também, para estimular a leitura das nossas crianças. Como estou à frente do programa Criança Feliz Brasiliense, que tem como anseio estimular a criança na primeira infância. Nada melhor que a literatura. É por meio da literatura que expandimos novos horizontes, que a gente cria e fantasia, enquanto crianças, mundos que só a criança tem”, completou a primeira-dama.

José Humberto também se prontificou a fazer uma reunião com administradores regionais para que sejam distribuídos panfletos nas cidades, de casa em casa, com a ajuda de voluntários, de forma a incentivar as doações.

“Tem muita gente que tem brinquedos em casa que já foram deixados pelos filhos e netos. E essas pessoas que querem ajudar estão esperando uma oportunidade. Você dando essa oportunidade, tenho certeza que as pessoas ajudam”, destacou o secretário, mencionando frentes importantes nesse processo – entidades religiosas e sociais, igrejas e classe empresarial.

Além de Virgínia Mendes e de José Humberto, prestigiaram o evento a secretária da Mulher do DF, Ericka Filippelli; o secretário da Juventude, Léo Bijos; o secretário de Saúde do DF, Osnei Okumoto; a secretária de Assistência Social e Cidadania do Mato Grosso, Rosa Maria Ferreira de Carvalho; a empresária Elaine Patrícia, que participou da doação de brinquedos para o evento; e a advogada e arquiteta Marcela Passamani, apoiadora do programa.

A ideia, segundo Mayara, é unir forças para angariar doações de empresários e da comunidade. A expectativa é de 30 mil doações. As instituições atendidas ainda serão escolhidas. “Os administradores são as pessoas mais capazes de identificar em sua região a instituição que mais precisa. Não quero abraçar só as instituições que já são cadastradas em nosso rol. Quero tentar escapar para quem ainda não recebeu”, concluiu.

Advogada de família, a primeira-dama falou também sobre a importância de debater e criar políticas de atendimento às crianças e adolescentes, bem como facilitar processos de adoção no país. “Sabemos da importância desse procedimento, da burocracia enfrentada e das dificuldades nos processos de adoção. Infelizmente muitas mães não conseguem gerar uma criança e, ao mesmo tempo, temos filas enormes de crianças para serem adotadas”, lamentou, acrescentando os passos que tem dado no sentido de resolver o problema.

“Em reunião com a primeira-dama do Mato-Grosso falei para ela sobre a vontade que tenho de criar políticas públicas de atendimento, abordar o Congresso Nacional para garantirmos o que já está na Constituição Federal, que é o direito à família, a uma infância saudável. Precisamos unir forças. É preciso dar um pontapé. Vou me aprofundar sobre o tema. Nossos [departamentos] jurídicos já estão trabalhando. A primeira-dama do país, Michelle Bolsonaro, está receptiva. Percebi que, no precisarmos de apoio do governo federal, ela está disposta a ajudar”, acrescentou Mayara, referindo-se à primeira-dama mato-grossense, Virgínia Mendes.

Integração

O secretário de Governo, José Humberto Pires, falou sobre a importância da campanha. “É preciso o envolvimento de todos nós nessa campanha, que é para todas as crianças carentes do Distrito Federal. Sabemos que há uma frustração na criança que não recebe um presente no Dia das Crianças. Ver o próximo recebendo tem mais valor para nós que damos do que para o próximo que recebe”, frisou o secretário.

“Nosso governo está muito integrado, com pessoas competentes e que se importam com os mais pobres, que estão preocupadas com um bem comum. Somos agentes de mudança. Fique muito feliz com essa iniciativa da primeira-dama”, acrescentou José Humberto.

 

Fonte: Agência Brasília

Fotos: Adriana Ponce

Pontos de encontro da comunidade e polos de consumo, cultura e gastronomia, as feiras do Distrito Federal vão passar por um grande processo de transformação. Lançado nesta terça-feira (3), em solenidade no Palácio do Buriti, o programa Feira Legal vai fortalecer esses ambientes com tecnologia, segurança jurídica e desenvolvimento econômico. Ao todo, 20 mil comerciantes serão amparados em 38 feiras permanentes e três shoppings populares.

“Feira no Distrito Federal é a praia do brasiliense e essa praia estava suja e mal cuidada, sem qualquer tipo de projeto. A solução vem exatamente por meio de parcerias efetivas, entre as secretarias e o BRB]”, disse o governador Ibaneis Rocha. Segundo Ibaneis, o Feira Legal é um pacote que envolve redução de tributos e encaminhamento de projetos de lei à Câmara Legislativa, permitindo a regularização das feiras. “Trata-se de um programa de atendimento que o BRB está fazendo e que envolve o mais moderno dos aplicativos. É sair da linha da sobrevivência para a linha do crescimento”, afirmou o chefe do Executivo.

Inicialmente, o projeto será destinado às feiras: da Torre de TV, Sobradinho, Gama, Núcleo Bandeirante, Planaltina, Guariroba, Ceilândia, Guará, Cruzeiro, São Sebastião. Em um segundo momento, ele será ampliado para outros espaços.

Novidade
A novidade, agora em formato definido, foi anunciada pelo governador Ibaneis Rocha durante visita à Feira da Guariroba em 9 de agosto. Na ocasião, o chefe do Executivo disse querer “transformar essa praia do brasiliense, que são as feiras, em um ambiente cada vez mais harmonioso”.  Na Guariroba, o chefe do Executivo falou sobre o programa e, 20 dias depois do encontro com os feirantes, o projeto está pronto para sair do papel.

Para ajudar a viabilizar o Feira Legal, a Secretaria de Economia vai liberar R$ 3 milhões. O Governo do Distrito Federal também vai trabalhar questões jurídicas com a finalidade de legalizar os comerciantes a partir de uma proposta de Projeto de Lei – Refis-N, para renegociação de dívidas, e com a alteração da Lei nº 4748/2012, que dispõe sobre o funcionamento e regularização desses ambientes. Um Grupo de Trabalho para tratar esses assuntos foi criado.

O Feira Legal é mais uma ação integrada entre diversas secretarias do GDF e envolve as pastas de Projetos Especiais; Ciência, Tecnologia e Inovação; Economia; e Cidades e Governo, além do Banco de Brasília (BRB). Segundo o secretário executivo das Cidades, Gustavo Aires,  “o intuito é não perder a tradição das feiras e, ao mesmo tempo, atualizá-las com as tendências de mercado. Vai ser um marco histórico para o Distrito Federal”.

 

Parceria com o BRB

O Banco de Brasília também abraçou o projeto. Ao encontrar um cenário de falta de manutenção nas áreas comuns das feiras, dificuldade em contratação de linhas de crédito e boletos para pagamentos de taxas, o banco se sensibilizou. Após reuniões, o BRB definiu que iria propor condições e taxas especiais, apoio em soluções digitais, treinamentos e a requalificação de espaços físicos.

As facilidades para os comerciantes aumentam proporcionalmente ao elo dele com o banco. Quem optar por adquirir conta corrente e a maquininha de cartão terá 25% de desconto no Pacote Brasília PJ, pagando R$ 21,70. A progressão para 50% sobe se o feirante optar, além da conta corrente e da maquininha, pelo cheque especial. Esse combo sai por R$ 14,45. Quem fizer além dos três anteriores, o seguro ou cartão empresarial, terá desconto de 100%.

A capacitação se dará na oferta de produtos e serviços, no treinamento de gestão financeira e na oferta do uso de aplicativo para celular “Feirante Legal”. Essa etapa será feita pelo Instituto BRB em parceria com o Sebrae.

Para dar cara nova aos espaços físicos, a instituição financeira ajudará os feirantes a reformar fachadas e melhorar iluminação, entre outros reparos.

 

 

Fonte: Agência Brasília

Na quinta-feira (29), foi lançado o Sistema Interligado de Bibliotecas do Distrito Federal. Resultado da parceria entre a Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec) e a Secretaria de Educação, o sistema oferecerá à população um catálogo único onde possam ser pesquisados todos os livros existentes nas bibliotecas públicas e escolares do DF.

Com isso, o Distrito Federal passa a ser a única unidade da federação a integrar as bibliotecas públicas e escolares, possibilitando a consulta ao acervo de todas as 700 bibliotecas públicas e escolares do DF pelo site: http://sibdf.se.df.gov.br/.

Intitulada “Bibliotecas Integradas do Distrito Federal”, a rede abarcará 438 salas de leitura e 28 bibliotecas, distribuídas por todas as regiões administrativas. Somados, os acervos de livros, revistas e outros materiais bibliográficos totalizam mais de 860 mil itens.

A ferramenta escolhida para integrar os acervos foi o Sistema KOHA, criado pela Biblioteca Horowhenua Library Trust, da Nova Zelândia. Trata-se de um software gratuito, de código aberto, adotado por bibliotecas do mundo inteiro em virtude de sua excelência.

A bibliotecária responsável pela Biblioteca Pública de Sobradinho II, Suzanne Rodrigues, participou da inauguração do sistema e aprovou a iniciativa. Ela explica que com esse sistema os usuários poderão pesquisar os livros que precisarem de onde estiverem. “Assim que encontrarem, podem ver quais locais em que o exemplar está disponível e escolher a Biblioteca mais próxima para retirar”, observa. Para Suzanne, o sistema beneficiará não só os usuários, mas também os profissionais. “Vai facilitar para a gente já que teremos um compartilhamento desse catálogo. Irá agilizar a catalogação desses livros fazendo com que o processamento técnico do nosso acervo seja mais rápido e a pesquisa online dos usuários também”, conclui.   

 

Fonte: Agência Brasília

No próximo sábado (31), cães e gatos da área rural do Distrito Federal deverão ser vacinados contra raiva. A data é a primeira do esquema de três etapas da Campanha Antirrábica 2019. Em Sobradinho II, no dia 14 de setembro deverão receber a dose os animais da área urbana, sempre das 9h às 17h.

A expectativa da Gerência de Vigilância Ambiental de Zoonoses da Secretaria de Saúde é vacinar mais de 80% da população estimada de cães e gatos, ou seja, 246.735 cães e 24.673 gatos, totalizando 271.408 animais.

Serão disponibilizadas 270 mil doses de vacina para os três dias de campanha. O trabalho envolverá 2,5 mil pessoas da Secretaria de Saúde, Emater e estudantes de Veterinária.

O primeiro dia de campanha terá 194 postos de vacinação abertos nas áreas rurais de Águas Claras, Estrutural, Recanto das Emas, Gama, São Sebastião, Fercal, Sobradinho I e II, Paranoá, Ceilândia, Planaltina, Samambaia, Taguatinga, Riacho Fundo I e II, Núcleo Bandeirante, Park Way, Santa Maria e Brazlândia.

“Aderir à campanha é importante para proteger e promover a saúde humana. Ressalte-se que o vírus da raiva leva as vítimas a óbito em praticamente 100% dos casos”, destaca o gerente de Zoonoses, Jadir Costa Filho. A transmissão ocorre, principalmente, por meio da mordida.

Em Sobradinho II, os locais são: 
-Sede da Asproeste- Lago Oeste
-Pólo de Cinema (guarita)- Pólo de Cinema
-Igreja Evangélica Lobeiral
-Associação Rua 18- Lago Oeste
-Assentamento Chapadinha Rua 25- Lago Oeste

 

 

Fonte: Secretaria de Saúde

A ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SOBRADINHO II INFORMA QUE O PRAZO DE INSCRIÇÕES PARA CONCORRER A VAGA DE GERENTE DE CULTURA DESTA RA-XXVI SE ENCERROU. AGRADECEMOS AOS TREZE CANDIDATOS INSCRITOS. ADEMAIS, INFORMAMOS QUE OS NOMES DOS CANDIDATOS QUE PREENCHEREM OS REQUISITOS LEGAIS SERÃO DIVULGADOS NO DIÁRIO OFICIAL DO DF E MÍDIAS SOCIAIS DESTA ADMINISTRAÇÃO REGIONAL. NA OPORTUNIDADE TAMBÉM INFORMAREMOS A DATA OFICIAL DA VOTAÇÃO PARA A ELEIÇÃO DA LISTA TRÍPLICE, EM CONFORMIDADE COM A LEI COMPLEMENTAR 934/2107.

 

 

Após um ano sem funcionar, um consultório e a Sala Amarela com dez leitos da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Sobradinho foram reabertos nesta segunda-feira (12). A solenidade de reativação contou com a participação do governador Ibaneis Rocha, do secretário de Saúde, Osnei Okumoto, e do presidente do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges/DF), Francisco Araújo.

“Com a reforma das UPAs e das UBS , vamos ter condições de dar um atendimento melhor à população”, destacou Ibaneis Rocha. “Aqui nós temos uma população muito grande e durante muito tempo desassistida, com grandes problemas de infraestrutura. Estamos renovando e abrindo alas que estavam fechadas e abrindo também, daqui a 15 dias, uma ala que nunca havia sido aberta. Estamos abastecendo com insumos também.”

O Iges/DF providenciou a reforma e o reabastecimento de medicamentos e insumos hospitalares, além de novos profissionais para o atendimento. Até agora, foram encaminhados à unidade 16 médicos – entre emergencistas e clínicos –, 26 enfermeiros, oito técnicos de enfermagem e quatro técnicos de laboratório. Mais profissionais devem ser contratados chegar até o próximo mês.

 “A condição é favorável para que a gente possa estabelecer melhorias e oferecer isso à população”, lembrou o secretário de Saúde, destacando que o contrato de manutenção predial permitirá o bom funcionamento da UPA. O presidente do Iges-DF endossou: “Chegar aqui hoje e [constatar que está] tudo reformado, ver a população cobrando e nós produzindo resultados, é muito gratificante”.

Estrutura

A Sala Amarela recebe pacientes que têm indicação de internação, devendo ficar em observação por, no máximo, 24 horas. Caso seja necessário ampliar esse tempo, a equipe providencia a transferência – de forma segura, em ambulância – para os hospitais que tiverem vaga.

A Sala Amarela conta com pontos de oxigênio, leitos e carrinhos de emergência equipados para atendimento em caso de parada cardiorrespiratória. O paciente é atendido por equipe multidisciplinar composta por médico, equipe de enfermagem, nutricionista e assistente social.  Também atuam na UPA bioquímicos, farmacêuticos e odontologistas.

Atualmente, a UPA de Sobradinho realiza, em média, 2,7 atendimentos mensais. Além da sala Amarela, a unidade conta com a Sala Vermelha, que possui quatro leitos para atender pacientes graves. O espaço é equipado com ventiladores mecânicos, monitores cardíacos, bombas de infusão e rede de oxigênio. Os aparelhos são similares aos de uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Na Sala Verde, há equipes de enfermagem e poltronas para que os pacientes em condição menos urgente fiquem em observação por poucas horas e recebam medicação. A estrutura conta ainda com farmácia, laboratório, sala de raios-X e consultórios que, com as reformas, passam a totalizar seis em funcionamento.

Reformas

Assim como as outras cinco UPAs do DF, a unidade de Sobradinho recebeu diversas reformas e manutenção feitas pelo Iges/DF. Entre as melhorias, foram feitos reparos na parte elétrica e hidráulica, manutenção e troca de partes do piso como o da recepção e substituição de louças dos banheiros.

Além disso, todos os equipamentos receberam manutenção, e chegaram cinco longarinas (bancos com quatro lugares), dez colchões novos com travesseiros, enxoval e três novas cadeiras de rodas.

 

Fonte Agência Brasília

Foto: Renato Alves/Agência Brasília

Já estão abertas as inscrições aos interessados em participarem da seleção da lista tríplice para o cargo de Gerente de Cultura da Administração Regional.

São aptos a concorrerem os candidatos que comprovarem:

I- Notório saber artístico-cultural e conhecimentos técnico-administrativos

II-Ter, no mínimo, 2 anos de atuação nas áreas artísticas culturais

II-Ser morador de Sobradinho II e nela atuar

IV- Ser maior de idade

V- Não estar inelegível e nem impedido para posse e exercício na Administração Pública.

 

Para fins de comprovação dos requisitos, os candidatos devem:

I- Fazer juntada de documentos comprobatórios que atestem a experiência inerente ao cargo de Gerente de Cultura

II- Juntar comprovante de residência, em seu nome, que ateste ser morador da respectiva região

III- Fazer juntada de comprovante de atuação na região

IV- Aqueles que compõem o quadro técnico- administrativo, juntar cópia do Diário Oficial

 

A ficha de inscrição e os documentos que comprovem aptidão deverão ser entregues ATÉ O DIA 20 DE AGOSTO DE 2019, no PROTOCOLO da Administração Regional de Sobradinho II.

Veja aqui o Edital de chamamento público!

A Licença de Funcionamento consiste na permissão para funcionamento de estabelecimentos comerciais localizados em edificações regulares e em áreas regularizadas com diretrizes urbanísticas definidas, que são válidas por 5 anos, de acordo com a Lei 5.547 de 06/10/2015. Se o estabelecimento estiver em edificações regulares, e sem habite-se a licença será válida por 12 meses.

Requisitos

É preciso cumprir alguns requisitos para receber o Licenciamento. Em primeiro lugar, o interessado deve solicitar à Administração Regional umaconsulta de viabilização, na qual será informado sobre a viabilidade ou não de instalação das atividades no local pretendido.

Somente nos seguintes casos, essa solicitação é realizada na Administração:

  • Sociedade Anônima – S/A;
  • Microempreendedor Individual – MEI;
  • Empresas com matriz fora do Distrito Federal;
  • Empresas com sócio menor de idade ou estrangeiro;
  • Associações, fundações, sindicatos;
  • Pessoa física;
  • Alterações de endereço e de razão social;
  • Empresas com contrato social registrado em cartório

Após respondida a consulta de viabilidade pela Administração, o cidadão recebe uma lista de documentos para dar entrada ao processo na Administração.

Já em outros casos, é realizada a consulta de viabilidade pela internet no site da RLE (Registro e Licenciamento de Empresas), que são eles:

  • LTDA (limitada);
  • EIRELI (empresa individual de responsabilidade limitada);
  • EPP (empresa de pequeno porte);
  • ME (microempresa)
  • EI (empresário individual);

Obs: No site do RLE, é possível acessar o manual explicativo sobre o funcionamento do sistema.

Após respondida a consulta no site do RLE (Registro e Licenciamento de Empresas), o cidadão dá andamento na licença, nos casos descritos acima, pelo próprio sistema na Internet.

 

Custos

Para obtenção de Licenciamento de funcionamento, não é necessário pagamento de taxas na Administração Regional de Sobradinho II.

Somente nos casos de desarquivamento de processo, será paga taxa de desarquivamento, através de DAR (Documento de Arrecadação Avulso) – Taxa de Expediente, Código 3573, Secretaria de Estado da Fazenda do DF.

Será necessário o pagamento da Taxa de Funcionamento de Estabelecimento (TFE) – que é a taxa devida por todos aqueles que vão exercer qualquer tipo de atividade comercial com fins lucrativos ou não, no Distrito Federal. O cidadão deve procurar a Agefis (Agência de Fiscalização) ou postos do Na Hora.

OBS: Isenções do pagamento dessa taxa estão previstas na Lei Complementar nº 783/2008, artigo 19.

 

Prazos

De acordo com o decreto Nº 36.948, de 04 de dezembro de 2015, os prazos especificados quanto à consulta de viabilidade, às vistorias e à emissão de licenças, são contados da data do respectivo requerimento:

I – até cinco dias úteis para a Consulta de viabilidade;
II – até trinta dias úteis para as vistorias em atividades classificadas como de significativo potencial de lesividade (alto risco);
III –  até dez dias úteis para a Autorização ou Licença de Funcionamento

OBS: Caso seja verificada pendência relativa à documentação exigida para o ato, ficarão interrompidos os prazos, reiniciando a contagem a partir da resolução da pendência dos documentos.

 

Normas e regulamentações

Solicitações que são efetuadas através das Normas da NGB para averiguação do endereço para deferimento ou indeferimento da consulta prévia, seguindo padronização de classificações da Comissão Nacional de Atividades Econômicas – CNAE.

Requisitos

  • Informar número do Cadastro Nacional da Pessoal Jurídica- CNPJ;
  • CNAE de solicitação contemplando as atividades econômicas principais e secundarias;
  • Deve constar da solicitação o exato local onde serão exercidas as atividades econômicas e auxiliares, mediante o uso da descrição do logradouro, com a identificação precisa da respectiva numeração, complemento e do Código de Endereçamento Postal – CEP, se houver.

 

Custos

Gratuito

Prazos

A Administração Regional terá até CINCO dias úteis para atender a cada solicitação.

Normas e regulamentações

Se você precisar realizar eventos de atividades recreativas, sociais, culturais, religiosas, esportivas, institucionais ou promocionais, que ocorre eventualmente, em área pública ou privada que tenha repercussão nas vias públicas na região Administrativa de Sobradinho II, precisará da licença eventual emitida por esta Região Administrativa.

Classificação

Quanto ao público, os eventos são classificados em:

I – Pequeno porte: até mil pessoas;
II – Médio porte: de mil e uma a dez mil pessoas;
III – Grande porte: de dez mil e uma a trinta mil pessoas;
IV – Especial: acima de trinta mil pessoas.

Documentos necessários

Você deve apresentar as seguintes documentações, de acordo com o evento:

PEQUENO PORTE

  • Declaração com comprovante de recebimento no Núcleo de Eventos da Subsecretaria de Operações Especiais da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Distrito Federal e na Vara da Infância e da Juventude do Distrito Federal;
  • Croqui do projeto de utilização do local do evento, indicando dimensões gerais, área total a ser utilizada, palco, sanitários e outros equipamentos a serem instalados;
  • Declaração de público estimado;
  • Descrição das medidas de segurança e de prevenção contra incêndio e pânico a serem adotadas;
  • Dentre outras documentações de acordo aos critérios e peculiaridades de cada evento.

 

MÉDIO E GRANDE PORTE

Toda documentação exigida no de pequeno porte, acrescida de:

  • Comprovante de disponibilidade de grupo gerador
  • Contrato de prestação de serviços médicos de urgência e emergência, suficientes para atender ao público do evento;
  • Contrato de Brigada Particular de Incêndio;
  • Contrato de empresa de segurança particular, em quantidade suficiente para atender o público do evento;
  • Anotação de responsabilidade técnica – ART, ou de registro de responsabilidade técnica – RRT de serviços, de segurança Contra Incêndio e de todas as estruturas;
  • Contrato de aluguel, cessão ou aquisição de banheiros químicos;
  • Apresentação de cópia de documento identificando os prestadores de serviços de coleta, transporte e disposição final dos resíduos do evento.
  • Dentre outras documentações de acordo aos critérios e peculiaridades de cada evento.

 

Custos

Se ocupar área pública, você pagará a taxa de preço público calculada através da metragem ocupada, definido na tabela de preços públicos de 2017, da Administração Regional de Sobradinho II, publicada no DODF nº 09 de 12 de janeiro de 2017.

OBS: Para realização de eventos acima de 10.000 pessoas, deverá apresentar caução em espécie ou por meio de fiança bancária de cinco por cento dos custos operacionais apurados, para cobertura de eventuais danos ao patrimônio público.

Etapas e prazos

  1. O processo se inicia com pedido de requerimento no protocolo da Administração Regional de Sobradinho II, por meio de formulário padrão, com 30 dias de antecedência do evento, com toda a documentação necessária.
  2. Você deverá cadastrar, com antecedência mínima de 30 dias, por meio de ofício na Secretaria de Estado de Segurança Pública do Distrito Federal, e Vara da Infância o evento a ser realizado em área pública ou privada, informando o local, a data, o período de duração do evento, público estimado e as medidas de segurança e de prevenção contra incêndio e pânico adotadas.
  3. Após a entrega de toda documentação exigida, a Administração Regional de Sobradinho II, emitirá, no prazo de até 3 dias úteis, a sua Licença para eventos.

OBS: Os prazos serão considerados a partir da entrega de toda documentação exigida.

Normas e regulamentações

RelatórioOuvidoria 2 trimestre

RelatórioOuvidoria 1 trimestre

Atendimento ao produtor rural para expedição de:

-Certidão de Conformidade de uso de ocupação do solo junto ao Instituto Brasília Ambiental (Ibram) para fins de licenciamento ambiental rural do empreendimento rural.

-Autorização para ligação de energia elétrica rural (acima de dois hectares).

-Apoio a eventos rurais e ao Conselho Rural de Planaltina.

-Emissão de autorização para poda/erradicação de árvores em áreas particulares. 

Requisitos 
Comparecer a Gerência de Apoio a Área Rural (GEAR) na Administração Regional para obter informações e, em seguida, protocolar a solicitação, mediante preenchimento de Requerimento. 


Horário de atendimento 
Administração Regional  de Sobradinho II – CODES Segunda à sexta-feira das 8h às 12h / 14h às 18h.

Telefone: 3453-9310  

End: AR 13 AE 01 Sobradinho II CEP 73.062-300. BRASÍLIA – DF

A Gerência de Cultura, Esporte e Lazer presta apoio ao cidadão nos eventos esportivos, culturais e de lazer. 
O cidadão e empresas podem solicitar espaços públicos de uso comum, como:

-Empréstimo de campos, auditório.

-Apoio e empréstimo de equipamentos para realização de eventos esportivos, culturais e de lazer. 

Requisitos 
Comparecer à Gerência de Cultura, Esporte e Lazer (GECEL), na Administração Regional, para obter as informações e saber da disponibilidade dos espaços.  
Havendo disponibilidade, protocolar Carta Pública ou ofício no Protocolo, mediante apresentação de CPF e RG. 

Horário de atendimento 
Administração Regional  de Sobradinho II – CODES Segunda à sexta-feira das 8h às 12h / 14h às 18h.

Telefone: 3453-9310  End: AR 13 AE 01 Sobradinho II CEP 73.062-300. BRASÍLIA – DF 

A Gerência presta ao cidadão, serviço solicitado de assistência à população juntamente com as entidades competentes, cabendo apenas o controle e acompanhamento por parte da Administração referente aos seguintes serviços:

-Projetos de Desenvolvimento Comunitário e social;

-Parceria para prestação de serviços voluntários;

-Apoio ao centro de Convivência do idoso

-Promoção de atividades de interesses sociais;

-Cestas básicas emergenciais;

-Auxílio Funeral;

-Auxílio Aluguel;  

-Auxílio Passagem Interestadual;  

-Encaminhamento para vagas em cursos profissionalizantes;  

-Encaminhamento para atendimento psicossocial;

-Encaminhamento de crianças em situação de risco;

-Inclusão Social e Integração de Idosos; 

-Agendamento CRAS;

-Realização de Meu GOV. meu INSS;

-Agendamento de serviço no Na Hora;

-Agendamento de TRE;

-Inscrição, recadastramento, agendamento e consultas CODHAB.

 

PROGRAMAS:

  • Prato Cheio;
  • Cesta Emergencial;
  • Bolsa Famíllia;
  • DF sem Miséria;
  • Bolsa Alfa;
  • Caminhos da Cidadania;

Criança Feliz Brasiliense.


Horário de atendimento 
Administração Regional  de Sobradinho II – CODE Segunda à sexta-feira das 8h às 12h / 14h às 18h.

Telefone: 3453-9310  

End: AR 13 AE 01 Sobradinho II CEP 73.062-300. BRASÍLIA – DF

DAR AVULSO e a taxa retirada pela Administração Regional, de acordo com a metragem solicitada pelo requerente. Tendo validade somente após seu pagamento. 

Requisitos 
Solicitar junto a Administração Regional.  

Custos 
Gratuito 

Prazos 
Imediato. 

Horário de atendimento 
Administração Regional  de Sobradinho II – GELOAE Segunda à sexta-feira das 8h às 12h / 14h às 18h.

Telefone: 3453-9310  

End: AR 13 AE 01 Sobradinho II CEP 73.062-300. BRASÍLIA – DF 

É o serviço que emite a taxa de ocupação de área pública, já autorizada, com formalização da permissão ou concessão de uso da área para funcionamento de atividade desenvolvida em mobiliário urbano do tipo quiosque, trailer e similar e banca de jornais e revistas, verificando se está em conformidade com o plano de ocupação de quiosques e trailers aprovado para a área.

O ocupante deverá pagar mensalmente o preço público referente à área ocupada, de acordo com estabelecido no Decreto Nº 30.090, de 20 de fevereiro de 2009, na qual o preço público será corrigido anualmente com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor – INPC e é calculada por m² de área pública ocupada.

Constatada a inadimplência do preço público por três meses consecutivos ou intercalados num período de seis meses, a Agefis notificará para cassação imediata do Termo, que após adoção das providências administrativas necessárias, informará imediatamente à Administração Regional competente para a cassação do Alvará de Localização e Funcionamento.

Requisitos

O cidadão deve procurar diretamente à Gerência de Territórios na Administração Regional de Sobradinho II para emissão de taxa de quiosque, trailer e bancas.

Custos

Gratuito

Prazos

Imediato à solicitação.

Normas e regulamentações 
Decreto Nº 38.555/2017 

Horário de atendimento 
Administração Regional  de Sobradinho II – Licenciamento – DIALIC Segunda à sexta-feira das 8h às 12h / 14h às 18h.

Telefone: 3453-9310  

End: AR 13 AE 01 Sobradinho II CEP 73.062-300. BRASÍLIA – DF 

Autorização para área pública destinada a instalações temporárias e a serviços necessários a execução e ao desenvolvimento de obras. O canteiro de obras pode permanecer até a finalização das construções. 
 

Os elementos do canteiro de obras não podem, de acordo com Lei Nº 6.138:

-Prejudicar as condições de iluminação pública, de visibilidade de placas, avisos ou sinais de trânsito e de outras instalações de interesse público;

-Impedir ou prejudicar a circulação de veículos e pedestres;

-Impedir ou prejudicar a circulação de veículos, pedestres e pessoas portadoras de deficiência ou com mobilidade reduzida

-Danificar a arborização.

Requisitos 
O cidadão deve comparecer à Administração Regional, com as documentações necessárias:

-Requerimento em modelo padrão, obtido no Protocolo;

-Pagamento da taxa de execução de obras de áreas públicas;

-Título de propriedade do imóvel;

-Croqui do tamanho da área pública  

Custos 
Para obtenção da autorização não é necessário pagamento de taxas na Administração Regional do Sobradinho II.  
Será necessário o pagamento da Taxa de Execução de Obras de área pública na AGEFIS. 

Prazos 
A Administração tem até SETE dias para emitir a autorização, após a entrega de toda documentação exigida nos requisitos. 

Normas e regulamentações 
-Lei nº 6.138 

Horário de atendimento:  Administração Regional  de Sobradinho II – Licenciamento – DIALIC Segunda à sexta-feira das 8h às 12h / 14h às 18h.

Telefone: 3453-9310

 End: AR 13 AE 01 Sobradinho II CEP 73.062-300. BRASÍLIA – DF 

A Licença de Funcionamento consiste na permissão para funcionamento de estabelecimentos comerciais localizados em edificações regulares e em áreas regularizadas com diretrizes urbanísticas definidas, que são válidas por 5 anos, de acordo com a Lei 39272 de 02/08/2018. Se o estabelecimento estiver em edificações regulares, e sem habite-se a licença será válida por 12 meses. 


Requisitos 
É preciso cumprir alguns requisitos para receber o Licenciamento. Em primeiro lugar, o interessado deve solicitar à Administração Regional uma consulta de viabilização, na qual será informado sobre a viabilidade ou não de instalação das atividades no local pretendido.   

Somente nos seguintes casos, essa solicitação é realizada na Administração:

-Sociedade Anônima – S/A;

-Microempreendedor Individual – MEI;

-Empresas com matriz fora do Distrito Federal;

-Empresas com sócio menor de idade ou estrangeiro;

– Associações, fundações, sindicatos;

-Pessoa física;

– Alterações de endereço e de razão social;

-Empresas com contrato social registrado em cartório  


Após respondida a consulta de viabilidade pela Administração, o cidadão recebe uma lista de documentos para dar entrada ao processo na Administração.  
Já em outros casos, é realizada a consulta de viabilidade pela internet no site da RLE (Registro e Licenciamento de Empresas), através do link: https://rle.empresasimples.gov.br/rle/, que são eles:

– LTDA (limitada);  EIRELI (empresa individual de responsabilidade limitada);

-EPP (empresa de pequeno porte);

-ME (microempresa)

-EI (empresário individual);  
Obs: No site do RLE, é possível acessar o manual explicativo sobre o funcionamento do sistema.  
Após respondida a consulta no site do RLE (Registro e Licenciamento de Empresas), o cidadão dá andamento na licença, nos casos descritos acima, pelo próprio sistema na Internet. 

Custos 
Para obtenção de Licenciamento de funcionamento, não é necessário pagamento de taxas na Administração Regional de Sobradinho II. Somente nos casos de desarquivamento de processo, será paga taxa de desarquivamento, através de DAR (Documento de Arrecadação Avulso) – Taxa de Expediente, Código 3573, Secretaria de Estado da Fazenda do DF. Será necessário o pagamento da Taxa de Funcionamento de Estabelecimento (TFE) – que é a taxa devida por todos aqueles que vão exercer qualquer tipo de atividade comercial com fins lucrativos ou não, no Distrito Federal. O cidadão deve procurar a Agefis (Agência de Fiscalização) ou postos do Na Hora. OBS: Isenções do pagamento dessa taxa estão previstas na Lei Complementar nº 783/2008, artigo 19.

Prazos 
De acordo com o decreto Nº 39272, de 02 de agosto  de 2018, os prazos especificados quanto à consulta de viabilidade, às vistorias e à emissão de licenças, são contados da data do respectivo requerimento:

I – até cinco dias úteis para a Consulta de viabilidade;

II – até trinta dias úteis para as vistorias em atividades classificadas como de significativo potencial de lesividade (alto risco);

III –  até dez dias úteis para a Autorização ou Licença de Funcionamento

OBS: Caso seja verificada pendência relativa à documentação exigida para o ato, ficarão interrompidos os prazos, reiniciando a contagem a partir da resolução da pendência dos documentos. 


Normas e regulamentações 

 -Lei 6.138 ( 26/04/2018 )

-Decreto 39272 – 02/08/2018


Horário de atendimento: Administração Regional  de Sobradinho II – GELOAE Segunda à sexta-feira das 8h às 12h / 14h às 18h. 

Telefone: 3453-9310

End: AR 13 AE 01 Sobradinho II CEP 73.062-300. BRASÍLIA – DF  
 

Solicitações que são efetuadas através das Normas da NGB para averiguação do endereço para deferimento ou indeferimento da consulta prévia, seguindo padronização de classificações da Comissão Nacional de Atividades Econômicas – CNAE.

 Requisitos 
-Informar número do Cadastro Nacional da Pessoal Jurídica- CNPJ;

-CNAE de solicitação contemplando as atividades econômicas principais e secundarias;

-Deve constar da solicitação o exato local onde serão exercidas as atividades econômicas e auxiliares, mediante o uso da descrição do logradouro, com a identificação precisa da respectiva numeração, complemento e do Código de Endereçamento Postal – CEP, se houver. Custos 

Gratuito Prazos 
A Administração Regional terá até CINCO dias úteis para atender a cada solicitação. 

Normas e regulamentações 
-Lei: 5.547/2015 e Decreto nº 39272 – 02/08/2018

Horário de atendimento: Administração Regional  de Sobradinho II  Segunda à sexta-feira das 8h às 12h / 14h às 18h.

Telefone: 3453-9310  

End: AR 13 AE 01 Sobradinho II CEP 73.062-300. BRASÍLIA – DF 

É o documento emitido pela Administração Regional que atesta o atendimento do estabelecido na Legislação de Uso e Ocupação do Solo, após exame do projeto arquitetônico, para posterior licenciamento e obtenção de Certificados de Conclusão. 

Requisitos 
Ser interessado ou representante legal  


Documentos Necessários

-Requerimento padrão preenchido e assinado, em frente e verso;  

-2 jogos de cópias do projeto arquitetônico completo;

-RT de autoria do projeto arquitetônico assinado e com comprovante de pagamento, registrada no CAU/CREA.  

Etapas e prazos 
-Você abre solicitação por meio de requerimento padrão.

-Protocola com os demais documentos especificados.

– Análise. -Notificação de Exigências; Indeferimento ou Informativo de Visto ou Aprovação.  
– A Administração Regional terá até trinta dias, para atender a cada solicitação e/ou requerimento encaminhado, respeitando o detalhamento estabelecido pelo COEDF. 

Custos 
-Não existe nenhum custo para emissão dos documentos oficiais.

-O interessado deverá arcar com as despesas referentes a documentação necessária a ser anexada e analisada.

Normas e regulamentações 
-Lei nº 6.138 e Decreto nº 39272 (COEDF);

-NGB’S (Normas de Gabarito)

-Demais Legislações Urbanísticas de Uso e Ocupação do Solo. 

Horário de atendimento: Administração Regional  de Sobradinho II – GEAPRO Segunda à sexta-feira das 8h às 12h / 14h às 18h.

Telefone: 3453-9310

End: AR 13 AE 01 Sobradinho II CEP 73.062-300. BRASÍLIA – DF 

Consulta Técnica preliminar do projeto arquitetônico ou informações que digam respeito a Legislação de Uso e Ocupação do Solo, solicitadas à Administração Regional.  
 

Requisitos 
Requerimento padrão preenchido e assinado, em frente e verso;  
 

Custos 
Gratuito 
 

Prazos 
A Administração Regional terá até trinta dias, para atender a cada solicitação e/ou requerimento encaminhado, respeitando o detalhamento estabelecido pelo COEDF. 
 

Normas e regulamentações 
-Lei 6.138 ( 26/04/2018 )

– Decreto 39272 – 02/08/2018   
(COEDF); 


Horário de atendimento: Administração Regional de Sobradinho II – GEAPRO Segunda à sexta-feira das 8h às 12h / 14h às 18h.

Telefone: 3453-9310  

End: AR 13 AE 01 Sobradinho II CEP 73.062-300. BRASÍLIA – DF 

Quando você tiver necessidade de realizar um serviço de rede subterrânea das concessionárias e não puder utilizar método não destrutivo (MND). 
 

Requisitos 
Documentos Necessários:  
-Requerimento Padrão

-Taxa de Expediente – Cod: 3573

-Taxa de Recapeamento Asfáltico  

-Croqui de Locação do Corte de Pista

-Escritura Registrada no Cartório de Imóveis ou Documento Equivalente

-Aceite da Concessionaria  

-Cópia do CPF ou RG 
 

Custos 
– Pagamento da Taxa de Recapeamento – NOVACAP;

– Pagamento da Taxa de Expediente 

Etapas e prazos 
Você solicita junto a Administração Regional que encaminhará à NOVACAP para que seja emitida a autorização. De posse dessa autorização a Administração emitirá a Licença

Horário de atendimento: Administração Regional de Sobradinho II – DIALIC Segunda à sexta-feira das 8h às 12h / 14h às 18h.

Telefone: 3453-9310

 End: AR 13 AE 01 Sobradinho II CEP 73.062-300. BRASÍLIA – DF  
 

Área destinada a instalações temporárias e a serviços necessários à execução e ao desenvolvimento de obras.  
A autorização para instalação de canteiro de obras que ocupe total ou parcialmente área pública dar-se-á por ocasião do licenciamento da obra ou serviço. 

Requisitos 
Você deve ser o representante legal ou responsável técnico.  
Documentos Necessários:

-Dois jogos do projeto de canteiro de obras, que será aprovado e conterá informações genéricas, fiando a responsabilidade da distribuição das instalações e dos equipamentos a cargo do responsável técnico da obra.

-Termo de ocupação firmado entre a Administração Regional e o proprietário do imóvel ou seu representante, com o compromisso de que a área pública utilizada será recuperada de acordo com o projeto de urbanismo respectivo, com as recomendações do órgão competente quanto ao plantio de espécies vegetais na área,

-Comprovante de pagamento de taxas e de preço público, previstos em legislação específica.

 
* Somente será expedida autorização para canteiro de obra após o licenciamento da obra ou serviço.  

Custos 
Pagamento de Taxa de área pública, de acordo com a metragem. 

Etapas 
-Você abre solicitação por meio de requerimento padrão.

-Protocola com os demais documentos específicos; 
 

Normas e regulamentações 
– Lei 6.138 ( 26/04/2018 )

-Decreto 39272 – 02/08/2018  


Horário de atendimento : Administração Regional de Sobradinho II – DIALIC Segunda à sexta-feira das 8h às 12h / 14h às 18h.

Telefone: 3453-9310  

End: AR 13 AE 01 Sobradinho II CEP 73.062-300. BRASÍLIA – DF 

Você pode solicitar, na Administração Regional de Sobradinho II , os serviços de execução de obras (construção de calçadas, instalação de meio-fio, implantação de quebra-molas e equipamentos comunitários e de lazer), e de manutenção de áreas públicas         ( reparo de aparelhos públicos como vias, calçadas, meiosfios, parques, praças, jardins e áreas verdes, tapa-buracos, recapeamento asfáltico, terraplanagem, encascalhamento, poda, roçagem, limpeza de boca de lobo, recolhimento de entulhos e desobstrução de águas pluviais), e obra de infraestrutura de iluminação pública.

OBS: Os serviços de poda e erradicação de árvores, em áreas particulares são executados pelo proprietário do imóvel, mediante autorização da Administração, com anuência da NOVACAP.

Execução de obras e manutenção de áreas públicas realizadas pela NOVACAP, em parceria com a Administração:  
Solicite o serviço de execução de obras, tais como:

-Instalação de meios-fios; 

-Implantação de quebra-molas;

-Equipamentos comunitários e de lazer;

-Manutenção de áreas públicas;

-Reparo de aparelhos públicos (vias, calçadas, meios-fios, parques, praças, jardins e áreas verdes);

-Tapa-buracos;

-Recapeamento asfáltico;

-Terraplenagem; 

-Poda de árvores;

-Roçagem;

-Limpeza de boca de lobo;

-Recolhimento de entulhos; 

-Desobstrução da rede de águas pluviais.  

Como fazer: Serviço solicitado pela Administração via Ouvidoria.   
Local:   Através dos Canais de Ouvidoria (162, presencial ou pelo site)  
Documentação: Ter em mãos o CPF e o CEP residencial.  


Manutenção de áreas particulares NÃO realizadas pela NOVACAP 
-Os serviços de poda e erradicação de arbóreas, bem como roçagem em áreas particulares, são executados pelo proprietário do imóvel, mediante autorização fornecida pela NOVACAP às Administrações Regionais;  
-Por medida de segurança, a NOVACAP não executa poda de árvores próximas à rede elétrica. Esse serviço deve ser solicitado à CEB. 

Serviços e manutenção de áreas públicas realizados pelo SLU, em parceria com a Administração 

-Coleta de entulho, disposto irregularmente. 

Serviços exclusivos do SLU  
-Pintura de meio fio,

-Retirada de animal morto em via pública,

-Varrição de vias públicas,

-Limpeza e lavagem de paradas e passarelas,

-Catação manual em áreas verdes,

-Instalação de lixeiras, 

-Fresagem rente ao meio fio 

Serviços exclusivos da CAESB

-Manutenção da Rede de Água e Esgoto.

Execução de serviços realizados em parceria com o DETRAN 
-Instalação/remoção de quebra-molas (mediante autorização do DETRAN),

-Reparo ou reinstalação de quebra-molas (mediante autorização do DETRAN). 

Serviços exclusivos do DETRAN  
-Instalação de faixa de pedestres,

– Instalação de sinalização de vagas especiais (Deficiente, Idoso e Gestante)

-Instalação de placa nova,

-Instalação de semáforo,

-Instalação de fiscalização eletrônica,

-Ajuste de tempo de semáforo,

-Revitalização de sinalização horizontal e vertical 

Custos 
Gratuito 


Prazos 
A previsão de atendimento, desde o conhecimento da solicitação até a execução dos serviços, será de até 60 (sessenta) dias, podendo variar, para mais ou para menos, de acordo com a demanda ou com a complexidade e tipo de serviço.

 

Atendendo a um pedido dos usuários da Biblioteca Pública de Sobradinho II, a partir deste domingo (27), o local estará aberto também aos domingos, das 8h às 18h. Aproveite para colocar os estudos em dia!

Horários de funcionamento da Biblioteca: 

Segunda a sexta: 8h às 22h

Sábado e domingo: das 8h às 18h

 

De 15 a 19 de julho o GDF Presente esteve em Sobradinho II. Graças ao programa, diversos serviços foram realizados. As obras no balão da DF-420, em frente ao Condomínio Serra Azul já estão em fase de finalização. Tivemos também o tapa-buraco em várias  ruas do Setor de Mansões e do Canela de Ema, poda de  árvores, nivelamento de estradas no Núcleo Rural Lago Oeste e no Morro do Sansão, desobstrução de alguns pontos de rede de águas pluviais, limpeza, entre outros. 

 

         

 

          

 

          

 

         

 

 

Em atenção ao convite da Administração Regional de Sobradinho II e com o objetivo de oferecer qualidade de vida aos moradores, a MP Educação Profissional, comunidade e instituições parceiras, somam forças e promovem, no próximo dia 13 de julho, as primeiras benfeitorias e manutenção da PRAÇA DA AR-13.

Durante todo o dia, além da conservação e limpeza da praça, uma série de atividades culturais, sociais, esportivas e ambientais serão realizadas para toda a comunidade.

Para Priscila do Carmo, organizadora do evento, “a intervenção coletiva em espaço público promovido e apoiado pelas empresas e com a participação da comunidade é muito positiva, pois possibilita aos usuários a boa e correta utilização da praça. Os moradores, ao participarem das atividades, melhoram a sua qualidade de vida e fazem jus ao objetivo principal das praças públicas, que é envolver a comunidade com opções culturais, esportivas e de lazer. Melhorando, com isso, a qualidade de vida dos moradores”.

O programa “ADOTE UMA PRAÇA” possibilita a celebração de termos de cooperação entre o Distrito Federal e pessoas físicas e jurídicas interessadas em realizar benfeitorias e manutenção em mobiliários urbanos e logradouros públicos. Marcelo Portilho, diretor da UNIFACVEST, um dos parceiros do projeto, conta que: “A adoção da praça reforça nosso compromisso de RESPONSABILIDADE SOCIAL e ENGAJAMENTO junto à comunidade em prol de ações coletivas que trazem benefícios diretos a cada morador. Nossa expectativa é cada vez mais se envolver com a comunidade no intuito de promover melhorias urbanas, culturais, sociais, tecnológicas, esportivas e ambientais. Visto que, tais atividades, estão intimamente ligadas com os objetivos dos cursos de qualificação profissional e acadêmico ofertados em nossas empresas”.

O processo de adoção da Praça tem a presença da Administração Regional de Sobradinho II, que realiza o apoio e fundamentação legal. Para o administrador Alexandre Yanez, o Decreto 39.690/2019, que regulamenta a Lei n°448/1993, é um passo importante, pois une a comunidade, iniciativa privada e o poder público em prol da qualidade de vida da comunidade. “A partir de agora, os moradores de Sobradinho II e região começam a se beneficiar da agenda positiva que estamos trabalhando”.

Márcio Portilho, da Faculdade Fael, reforça que “o projeto Adote uma Praça tende a fortalecer iniciativas já existentes e que vêm sendo realizadas. Temos um compromisso público em apoiar iniciativas sociais, culturais e de fomento econômico por meio da participação e envolvimentos coletivos junto à comunidade. Nossas parcerias com outras instituições e com o poder público só reforça a nossa responsabilidade social junto à comunidade local. As reformas dos espaços públicos que serão por estas parcerias, são, sem dúvida, o início de um projeto maior que garante a qualidade de vida da nossa comunidade”.

 

Graças à parceria entre a Administração Regional e usuários da Biblioteca, o ar condicionado já está funcionando. Mas as melhorias não param por aí. Recentemente, também foram feitas manutenção na rede elétrica e instalação de novas tomadas. Também tivemos a nomeação de uma bibliotecária de carreira que tomará conta no espaço. Além disso, outras parcerias estão sendo firmadas para a manutenção do laboratório de informática, a criação de um espaço para crianças e para o fornecimento de internet de alta velocidade.

O representante dos usuários da Biblioteca, Givaldo, agradeceu pelo empenho da administração: “Ficamos muito felizes com as melhorias. São demandas que há muitos anos pedimos e só agora conseguimos, como é o caso do ar condicionado. Esperamos que venham mais benefícios para essa comunidade que necessita não só de equipamentos, mas de servidores comprometidos, como é o caso da Suzana, a nova Bibliotecária”

Para o administrador Alexandre Yanez, esse é só o início da mudança da Biblioteca Pública de Sobradinho II: “A transformaremos em uma das melhores bibliotecas públicas do DF”, garante Yanez.

 

                                                                    

 

Na semana Mundial de Combate às drogas, os moradores de Sobradinho II receberam livros, gratuitamente, em ação realizada na Feira Permanente da cidade no último domingo (23).  

A iniciativa foi do Projeto Leitura e Laços em Movimento, financiado pelo Fundo de Apoio à Cultura – FAC e coordenado por Gianni Puglisi, autora do livro Amando um Dependente Químico, e moradora da cidade de Sobradinho.

A ideia do projeto é valorizar o escritor local e estimular o hábito da leitura na população. Durante o encontro, além da distribuição gratuita dos livros autografados e do bate-papo com a autora, os participantes também puderam assistir à dramatização de um trecho do livro por meio da dança.

O livro, segundo Gianni, traz não só informações relevantes de prevenção ao uso de drogas e de ajuda às famílias de dependentes químicos, mas também é uma envolvente história de amor e superação que vem para quebrar paradigmas e preconceitos. Ao todo, mais de 100 exemplares foram distribuídos: “Foi uma experiência muito boa. Tivemos contato com pessoas que têm problemas com usuários de drogas e que queriam somente conversar um pouco”, disse a coordenadora Gianni Puglisi.

 

 

 

 

Com objetivo de ajudar famílias carentes que se encontram em estado de vulnerabilidade, a Primeira-Dama do Distrito Federal, a Sra. Mayara Noronha, está promovendo a Campanha “Agasalho Solidário”. A ação está sendo coordenada junto à população do Distrito Federal e Órgãos do GDF, visando levar o mínimo de dignidade humana para os cidadãos que necessitam de roupas de frio para os dias de inverno na Capital do país.

Todos poderão realizar suas doações nos pontos de coleta distribuídos no Palácio do Buriti, Administrações Regionais e demais Órgãos do GDF, entre os dias 17 e 28 de Junho. Qualquer pessoa poderá contribuir com este ato solidário e garantir que uma pessoa receba este ato de carinho. As doações serão encaminhadas às entidades assistenciais e hospitais. Vamos aquecer nosso próximo!

Na semana passada, a administração de Sobradinho II teve conhecimento sobre o possível encerramento das atividades da agência dos Correios e Telégrafos localizada em Sobradinho II. Entendemos que a extinção da unidade trará prejuízos incalculáveis para a cidade. Por isso, já agendamos uma reunião com o superintendente da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos de Brasília para solicitar a manutenção desse equipamento público que é tão importante para a comunidade.

Mais um passo importante para os moradores do Setor de Mansões de Sobradinho II foi dado na tarde de hoje (5). O administrador Alexandre Yanez, junto a síndicos que representam os condomínios da localidade, se reuniram com representantes da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEDUH) para tratar da regularização fundiária do Setor. Entre os representantes da SEDUH, estiveram o secretário, Mateus Leandro de Oliveira, e o chefe de gabinete Pedro Henrique Medeiros.  

 Para Yanez, os benefícios dessa iniciativa são inúmeros e a regularização do local é um desejo antigo: “Essa é uma demanda antiga dos moradores do Setor de Mansões. O processo engloba várias etapas, mas a primeira já foi dada”, afirma.

Com a regularização dos terrenos, os proprietários terão a chance de ter a escritura da propriedade registrada em cartório, a certidão de habite-se, o imóvel também poderá ser financiado pela Caixa Econômica Federal (caso o proprietário queira vender), valorização do terreno, entre outros.  

Dando continuidade a alguns projetos iniciados pela Administração de Sobradinho II, Alexandre Yanez esteve na segunda-feira (3) com o presidente do Ibram, Edson Duarte. O Instituto é peça fundamental para que algumas propostas saiam do papel, já que é o responsável pelo licenciamento ambiental. Entre os assuntos tratados, um dos mais relevantes foi a implantação da rede de águas pluviais no Setor de Mansões.

Também trataram sobre o estudo técnico que será feito por técnicos da Administração de Sobradinho II e do Ibram para que o projeto da Ponte do Canela de Ema seja aprovado o mais rápido possível.

 

 

 

O governo do Distrito Federal lançou, no sábado (25), uma força-tarefa para tratar pacientes com suspeita de dengue. Sobradinho II é uma das cidades que recebeu o centro específico de atendimento. O ponto foi montado ao lado da UPA de Sobradinho II e tem como objetivo um atendimento emergencial e ágil no principal fator de atenção imediata à doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti: a hidratação. Os centros funcionarão por três semanas, de domingo a domingo, das 7h às 19h.

Quem for em busca de atendimento, fará, inicialmente, o exame que detecta a doença. Caso dê positivo, passará pela médica, que também está no local. O tempo médio para atendimento é de 30 minutos. No domingo, mais de 100 atendimentos foram realizados. A expectativa é de que, na segunda-feira (3º dia de ação), o número de pacientes atendidos passe de 100.  

Para o administrador de Sobradinho II, Alexandre Yanez, a iniciativa do governo é fundamental para agilizar o atendimento desses pacientes e para desafogar a UPA, os Hospitais da região e a Clínica da Família: “Sem dúvida é uma ação que beneficiará a todos. A estrutura está muito bem montada e equipada e trará a agilidade esperada. Também estamos com funcionários da Administração Regional a postos para dar todo o suporte necessário”, acrescenta Yanez. Já o secretário da Secretaria Adjunta das Cidades, Gustavo Aires, ressalta que "estamos fazendo o que o governador prometeu, que é empoderar  as Administrações com maquinário e demais assistências", finaliza.

Atendendo a uma demanda antiga dos feirantes e dos frequentadores da Feira Permanente de Sobradinho II, a Administração, em parceria com a CEB, fez a reposição de 40 lâmpadas no local. A iniciativa trará mais segurança e comodidade não só aos feirantes, mas também aos moradores da região. 

 

 

Nesta semana, os Microempreendedores Individuais de Sobradinho II e região tiveram a oportunidade de participar da Semana do MEI, oferecida pelo Sebrae-DF em parceria com Administração Regional de Sobradinho II. Na segunda-feira (20), no Auditório da Regional de Ensino, empresários de diversos setores tiveram a oportunidade de aprender um pouco mais sobre gestão com a palestra “Como gerenciar seu negócio”, ministrada pela consultora do Sebrae, Livia Campos.

Ao longo da apresentação, os microempreendedores aprenderam sobre as 5 principais áreas da administração, a importância do planejamento estratégico, gestão financeira do negócio, entre outros pontos importantes para o empreendedorismo.

Na quinta-feira (23), foi a vez da oficina sobre “Controles Financeiros: melhorando a gestão financeira do seu negócio”, ralizada, também, no auditório da Regional de Ensino de Sobradinho II. Durante a oficina, empresários e pessoas físicas conheceram as ferramentas básicas de gestão financeira a serem utilizadas em uma microempresa. Também ouviram as dicas da consultora a respeito das ferramentas para embasar as decisões na busca de melhores resultados para a empresa, de como utilizar as ferramentas de gestão no cotidiano do empresário, entre outras.

E, até o final da semana, um consultor do Sebrae estará na Sala do Empreendedor, localizada na Feira Permanente de Sobradinho II. Os Microempreendedores poderão ir até o local para:  formalização e baixa gratuita e simplificada; obtenção de CNPJ; emissão de CCMEI (Certificado de condição do MEI); alteração gratuita de dados do MEI e baixa; emissão e impressão de boleto INSS (DAS); declaração anual do SIMEI; emissão e certidões negativas de débitos (licitações) e outras orientação ao microempreendedor.

 

 

Na próxima semana, em todo o Brasil, começa a Semana do Microempreendedor Individual (MEI). O evento, realizado pelo Sebrae, trará orientações e capacitações gratuitas a quem deseja se tornar um microempreendedor individual ou pretende aprimorar o próprio negócio já existente.

Em Sobradinho II, serão duas atividades realizadas para os microempreendedores locais. No dia 20/5 (segunda-feira) será a palestra “Como Gerenciar seu negócio”, realizada das 9h às11h. Já no dia 23/5 (quinta-feira) é a vez da oficina sobre “Controles Financeiros”, das 14h às 18h. Ambas serão realizadas no auditório da Regional de Ensino de Sobradinho II. O evento é gratuito e os interessados devem se inscrever no site www.df.sebrae.com.br . Outras informações no número 0800 570 0800

Não deixe de participar!

 

 

 

 

 

 

Em mais um dia de ação do GDF Presente, o Governo do Distrito Federal descentralizou os seus serviços para atender as demandas da população de Sobradinho II. Para realizar os trabalhos, além dos equipamentos da administração regional, foram usados uma retroescavadeira, dois caminhões basculantes, um caminhão carroceria, dois caminhões pipa, uma pá carregadeira, uma retroescavadeira, dois rolos para tapa-buracos, uma patrol (máquina de nivelamento) e uma van. Uma média de 50 pessoas trabalham na força-tarefa.

A ideia do GDF Presente é concentrar os trabalhos nas áreas com mais reclamações dos moradores. Antes de receber a força-tarefa, a administração de Sobradinho II listou as principais demandas da população e os pontos mais críticos da região. Tapar os buracos e retirar entulhos estão entre as primeiras no “ranking das reclamações.

Por esse motivo, os trabalhos desta terça-feira (14) começaram pela limpeza dos pontos onde os moradores descartam, de forma ilegal, lixo e entulhos. De acordo com a administração, os setores Buritizinho, o Polo de Cinema e o Parque Canela da Ema estão entre os que mais demandam retirada de lixo e entulho. Já o Setor de Mansões precisa receber a operação tapa-buracos e a Vila Rabelo requer terraplanagem.

Os trabalhos do GDF Presente incluem ainda a lavagem das paradas de ônibus, limpeza de bocas de lobo e molhagem das estradas para amenizar a poeira. As ações devem durar aproximadamente seis dias e, em seguida, os serviços serão feitos nas regiões da Fercal, Planaltina e Sobradinho I, atendendo uma população de cerca de 367.493 habitantes.

Para o Administrador Regional de Sobradinho II, Alexandre Yanez, os trabalhos são de grande importância e garantem uma manutenção constante para a região. Segundo o secretário de Cidades, Gustavo Aires, o GDF Presente vai melhorar o serviço prestado, permitindo eficiência e rapidez na solução dos problemas. Consequentemente, levará mais qualidade de vida à população.

 

FONTE: Emanuelle Coelho, da Agência Brasília 

 

O Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (Caps AD) de Sobradinho II promoverá, na próxima quarta-feira (15), uma caminhada em prol da luta antimanicomial. A atividade terá concentração às 9h, na praça da AR 13, em frente à Unidade Básica de Saúde 3, de Sobradinho II.

“Esta é uma semana que marca a saúde mental. Nosso objetivo é trazer os usuários, a população e as lideranças para caminharem conosco”, destacou a gerente do Caps AD, Sara Sousa.

A realização da caminhada é uma forma de lembrar o dia 18 de maio, Dia Nacional da Luta Antimanicomial. Trata-se de um movimento que busca a efetividade dos direitos das pessoas em sofrimento mental e que defende a liberdade e o direito do paciente de viver em sociedade, além do direito a receber cuidado e tratamento sem que, para isto, tenham de abrir mão de seu lugar de cidadãos.

Para a caminhada, que terá um percurso de aproximadamente 1,5 km, da UBS 3 ao estacionamento da Feira Permanente de Sobradinho II, são esperadas mais de 50 pessoas. O evento conta com o apoio da Superintendência da Região de Saúde Norte, Administração Regional de Sobradinho 2, Caesb, Policia Militar, Detran, BRB e outras instituições.

DIÁLOGO – No dia 16 de maio, ainda lembrando a luta antimanicomial, o Caps AD de Sobradinho II realizará uma roda de conversa, às 9h, na unidade, para discutir os aspectos da saúde mental. Líderes comunitários, representantes da saúde mental, usuários e a população em geral estão convidados. Para participar, basta comparecer ao local.

Fábio Magalhães, da Agência Saúde

Arte: Rafael Ottoni/Saúde-DF

Na quinta-feira (9), a Biblioteca de Sobradinho II comemorou seus 10 anos. Para prestigiar o evento, estiveram presentes alguns dos estudantes que utilizam ou utilizaram o espaço para os estudos. A comemoração contou também com a participação do coach Wagre Furtado, autor do livro “Aprovação Mapeada”. Ele falou um pouco de sua história como concurseiro e também sobre técnicas de estudos para os que estão em busca do cargo público. Além dele, também estiveram presentes o administrador de Sobradinho II, Alexandre Yanez, e Marluce Franklin, uma das idealizadoras da Biblioteca de Sobradinho II.

Yanez aproveitou o momento para parabenizar alguns nomeados que utilizavam a Biblioteca para estudar e que já alcançaram seus objetivos.

 

A Biblioteca de Sobradinho II completará, essa semana, 10 anos. O espaço é um dos mais utilizados pelos estudantes da região. Todos os dias, a Biblioteca da cidade recebe inúmero estudantes que procuram um local tranquilo e aconchegante para os estudos.
Parar homenagear o espaço, na quinta-feira (9/5), às 19h, receberemos o coach Wagre Furtado, para falar um pouco sobre técnicas de estudos para concurso público. Além dele, alguns aprovados que utilizavam a Biblioteca também falarão sobre suas experiências e como alcançaram o tão sonhado cargo público. Venha conferir!

 

Data: 9/5/19

Horário: às 19h

Local: Biblioteca Pública de Sobradinho II- AR 13 conjunto- 16 lote-3

Os trabalhos da Administração de Sobradinho II não param nem aos sábados. No último (27/4) foi dia de muitos compromissos.  Iniciamos a manhã recebendo cerca de 350 bombeiros, que fizeram visitas às residências da região com o objetivo de intensificar o combate ao mosquito da dengue.  Também acompanhamos o início do cadastro dos moradores do Condomínio Mansões Sobradinho, que estão realizando um antigo sonho de receber água potável.  

O administrador Alexandre Yanez, também participou do projeto social do amigo, pastor Darlei, no centro de recuperação Mar Vermelho. Por fim, também estivemos em reunião com os moradores do Condomínio Vitória, na BR-020. Lá foram apresentadas algumas demandas referentes à CEB e CAESB e nos comprometemos a visitar esses órgãos e repassar as solicitações da comunidade.

 

     

Os telefones da Administração de Sobradinho II já estão funcionando normalmente. As manutenções em nossas linhas foram finalizadas e, a partir de agora, todos os setores podem ser contatados em seus devidos números.
Recepção: 3453-9322
Gabinete: 3453-9396
Ouvidoria:3453-9333
Colom:  3453-9334
Ascom: 3453-9320

A Administração de Sobradinho II recebeu nesta quinta-feira (25) a ilustre visita de um dos artistas mais conhecidos da cidade: Toninho de Souza. Conhecido por suas inúmeras obras espalhadas em instituições no Brasil e pelos acervos particulares no exterior, Toninho é também o autor da escultura localizada em frente à sede da Administração de Sobradinho II.
A obra, instalada uma escultura de aço, será restaurada pelo artista nos próximos dias.  Ela é uma homenagem aos pioneiros de Sobradinho feita por Toninho de Souza. Foi inspirada em seu Teodoro, do Bumba Meu Boi, que usava um Chapéu com a fita nas cores vermelho e preto em homenagem ao Flamengo, time do seu coração.

Hoje demos mais um passo importante para os moradores do Condomínio Mansões Sobradinho. Representantes da CAESB, acompanhados do administrador de Sobradinho II, Alexandre Yanez, e do síndico do Condomínio, Mário, foram ao local para analisar e iniciar o processo de instalação da rede de abastecimento de água no Condomínio. Já neste sábado (27/4), será feito o cadastramento dos moradores das 9h às 16h.  Na quinta-feira (2/5), serão realizadas as vistorias nas residências. A previsão é de as instalações sejam iniciadas na segunda-feira (6/5).

Representantes da Associação dos Produtores do Lago Oeste (Asproeste) e moradores da região estiveram, na quarta-feira (17/4), com o administrador de Sobradinho II, Alexandre Yanez. Os presentes aproveitaram a oportunidade para repassar algumas solicitações dos moradores e trabalhadores locais. Um dos pedidos mais relevantes  foi o de iluminação. Para isso, o administrador se comprometeu a marcar uma reunião junto à diretoria da CEB para que seja feita a solicitação: “Mas gostaria de levar alguns representantes de vocês comigo. Eu vou abrir as portas, mas a presença de vocês trará mais força”, pediu Yanez.

A atual ciclovia da DF 001, essencial para o trânsito dos moradores do Lago Oeste, especialmente caseiros, prestadores de serviços e seus familiares, também esteve em pauta na reunião. Os presentes pediram que a roçagem seja feita com frequência. Com o mato alto fechando parte da ciclovia, muitos ciclistas acabam se arriscando andando pelo acostamento da DF-001.  

Além desses, os moradores também solicitaram apoio da administração para criação de uma linha de crédito para os produtores rurais; manutenção de estradas; abertura de creches; melhorias na escola; aumento na frequência de linhas de ônibus e a construção de paradas de ônibus no sentido Lago Oeste- Colorado.

 

                                                                                         

                                                                                                

                                                                                    

A Administração Regional de Sobradinho II segue realizando, com recursos próprios, trabalhos de limpeza, pintura, manutenção de playground e roçagem nos parquinhos da cidade. Desde a semana passada, os parquinhos da AR 11 e AR 19 receberam esses serviços e já estão disponíveis para a população usufruir com segurança e bem-estar. Nas próximas semanas, os trabalhos continuarão sendo executados em outros espaços da cidade. “O apoio da comunidade é essencial para mantermos esses espaços bem cuidados e limpos, para que todos possam desfrutar de um ambiente agradável”, comentou o Administrador Regional de Sobradinho II, Osmar Felício.

 

 

A Vila Rabelo também está recebendo atenção especial por parte da Administração de Sobradinho II. Na noite de segunda-feira (15), Alexandre Yanez se reuniu com moradores da região para ouvir as demandas da comunidade. Entre as principais questões levantadas estão as relacionadas à infraestrutura como: águas pluviais, manutenção de estradas e rede de esgoto.
"Ainda essa semana iremos buscar soluções para essas demandas", disse o administrador Alexandre Yanez.

 

          

 

A forte chuva que caiu na noite de ontem (quarta-feira) causou estragos em algumas localidades da nossa região. A Administração Regional de Sobradinho II informa que, ontem mesmo, acionou o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil. Hoje pela manhã, colocou pessoas de sua equipe nas ruas e requisitou ao GDF uma força-tarefa que fará a avaliação dos prejuízos causados e iniciará, ainda hoje, os reparos dos pontos emergenciais.

Pedimos atenção, pois o tempo continua instável e há previsão de chuva ao longo do dia, principalmente nos períodos da tarde e noite. 

 

Na tarde desta quarta-feira (10/4), os feirantes da Feira Permanente de Sobradinho II se reuniram com o administrador Alexandre Yanez. O objetivo do encontro foi trazer respostas para alguns pedidos dos feirantes, além de esclarecer alguns pontos sobre o funcionamento do local nessa nova gestão e apresentar o novo chefe de feira, José Fernandez.

Entre as demandas tratadas no encontro, uma que terá atenção especial por parte da Administração é o funcionamento de feiras itinerantes na região. Outro assunto importante levado para reunião, foi relacionado ao horário de funcionamento do espaço. O administrador comunicou que, por uma determinação do Governo do Distrito Federal, a Feira Permanente deve ter horários certos de abertura e fechamento: “É uma determinação e deve ser cumprida”, explicou.

O administrador aproveitou para fazer um alerta sobre o prejuízo que bancas fechadas causam para a imagem do local e adiantou que serão tomadas as devidas providências caso os espaços não sejam reativados nos próximos meses: “Para o morador, isso é sinal de descaso. Se todas as bancas estiverem abertas, sem dúvida, o movimento será maior”, observou.

Para finalizar, Alexandre Yanez falou sobre as tentativas de reforma da Feira Permanente e, apesar das dificuldades em conseguir a verba necessária, se comprometeu a buscar ajuda de parlamentares: “O projeto da reforma já está na Novacap faltando poucos ajustes para aprovação. E eu estou pedindo ajuda financeira para os deputados”, garantiu.  

 

             

 

 

            

Na terça-feira (9/4), o Administrador Alexandre Yanez esteve em reunião com a presidente da Empresa de Assistência Técnica e Extensão (Emater), Denise Fonseca, e sua equipe. No encontro foram tratadas possíveis parcerias entre a Emater e a Administração Regional de Sobradinho II.

Para o Administrador Alexandre Yanez, o ponto mais importante da reunião foi o que tratou sobre o escritório de atendimento da Emater. Atualmente, o posto de atendimento, localizado no Lago-Oeste, é vinculado a Sobradinho. Em breve, o local atenderá somente Sobradinho II e região, tendo, assim, mais autonomia já que se tornará um escritório regional: “Isso significa, não só mais estrutura, mas também um maior número de técnicos e, consequentemente, melhoria no atendimento aos nossos produtores rurais”, considerou Yanez. A empresa também se disponibilizou a levar para a região alguns projetos, entre eles, o de implantação das hortas comunitárias urbanas, que podem ser levadas para as escolas, creches, igrejas, entre outros locais.

 

O administrador de Sobradinho II, Alexandre Yanez, esteve na segunda-feira (8/4) em reunião com o diretor-presidente do Instituto que será responsável pela gestão das UPA’s no DF, Francisco Araújo. Também esteve presente o presidente da Câmara Legislativa, deputado Rafael Prudente. O encontro foi para atender a uma demanda da comunidade, que pede melhorias no atendimento da Saúde.

O administrador Alexandre Yanez aproveitou a oportunidade para levar uma solicitação antiga da comunidade de Sobradinho II e região: a pediatria nas UPA’S. Para ele, essa é uma das especialidades mais importantes e que, por falta dela, muitas vezes, as famílias têm que sair da região para conseguirem atendimento: “Vamos dar esse presente para as famílias dessa região”, pediu.

Para Francisco Araújo, o atendimento das Unidades de Pronto-Atendimento e dos Hospitais das regionais tem que funcionar e, principalmente, tem que ser eficiente. O deputado Rafael Prudente afirmou que esse é um problema de todos e que o papel das administrações é de se envolver: “Precisamos nos envolver com as causas da saúde”, finalizou.  

 

Prezado Cidadão,

 

Informamos que este órgão não possui informações classificadas, bem como desclassificadas nos últimos 12 meses de 2020.

 

Atenciosamente,

Administração Regional de Sobradinho II – RA-XXVI

 

Atualizado em  Junho/2021.